Lufthansa prevê retomar 90% das rotas até setembro

por   Redação
0 Comentários
Luftthansa Boeing

O Grupo Lufthansa, que inclui também aéreas como Edelweiss, Swiss e Austrian Airlines, anunciou neste 16 de julho os resultados gerados pelo coronavírus para a empresa. “No auge da crise, a Lufthansa chegou a operar apenas 2% da capacidade, oferecendo rotas em cinco destinos”, contou Anette Taeuber, Diretora de Vendas das companhias aéreas do Lufthansa Group no Brasil.

Entretanto, a Lufthansa já está na fase de retomada e prevê retomar 90% das rotas até setembro. No mesmo mês, o grupo passa a conectar o Brasil à Europa com 10 voos semanais, com a adição de cinco voos semanais da  SWISS partindo de São Paulo com destino à Zurique. Os voos do Brasil para a Europa, aliás, não foram interrompidos mesmo com a pandemia – São Paulo era um dos cinco destinos no mundo operados pela companhia.  Estavam sendo oferecidos três voos semanais na rota São Paulo- Frankfurt, expandidos para cinco no mês passado.

Mais sobre a Alemanha:

As rotas São Paulo-Frankfurt e São Paulo-Zurique, operada pela Swiss, são o foco da companhia. Atendendo São Paulo, a Lufthansa consegue chegar a outras regiões do Brasil, por meio de parceiros domésticos. A rota São Paulo- Munique , lançada em novembro de 2019, foi descontinuada e por enquanto não há planos para retomá-la.

Outra novidade é o retorno da Edelweiss ao Rio de Janeiro em outubro, com duas frequências semanais.

Lufthansa oferece testes para COVID-19 em Frankfurt e Munique

A Lufthansa está oferecendo testes PCR para COVID-19 nos aeroportos de Frankfurt e Munique. Com a medida, passageiros não são mais obrigados a cumprir a quarentena ao chegarem na Alemanha, Áustria e outros países ao redor do mundo. É preciso agendar o teste pelo site da Lufthansa, e, para passageiros vindos da Alemanha, se programar para chegar com antecedência ao aeroporto ou fazer com um dia de antecedência do voo. Para ter o teste disponível em 3 horas, o preço é de 139 euros, enquanto para ter o resultado disponível em 6 horas, paga-se 59 euros.

Passageiros em Frankfurt podem agendar o teste através do site www.centogene.com/corona e se dirigir  ao centro de testes no aeroporto. O resultado é obtido por meio de um link enviado pelo aplicativo do laboratório.

Em Munique, os passageiros também devem solicitar o agendamento dos testes com antecedência pelo e-mail: notfallambulanz@munich-airport.de para evitar espera no centro de testes. O resultado estará disponível em até quatro horas depois da realização do teste.

Atualmente, alguns países da União Europeia, como a própria Alemanha, obrigam que passageiros provenientes de determinadas localidades cumpram uma quarentena de 14 dias ao chegarem no país. Com o teste, o viajante pode fornecer o PCR negativo para o coronavírus. Enquanto não há protocolos internacionais para os testes, cada país aceita somente os resultados protocolados por laboratórios locais, o que significa que  por enquanto não é possível apresentar um teste feito no Brasil para ser dispensado da quarentena na entrada na Alemanha.

Gostou do conteúdo que você leu sobre a a Lufthansa? Então planeje aqui a sua viagem

Você não paga a mais por isso, tem direito a descontos e ajuda o Porta de Embarque a produzir ainda mais conteúdo

Seguro viagem com o melhor preço. Compare o preço de todos os seguros viagem, escolha o seu e ainda ganhe 5% de desconto

Reserve seu hotel no Booking.com. Você encontra ofertas de hospedagem e ainda pode cancelar quando quiser

Alugue seu carro comparando o preço em mais de 100 locadoras. E o que é melhor: sem IOF e com parcelas de até 12 vezes sem juros.

Viaje conectado. Tenha chip de internet no celular funcionando sempre bem e com desconto de 5%. É so digitar o cupom PORTADEEMBARQUE5.

Você também pode gostar de

Deixe um comentário