Destin, na Flórida: o que fazer

por   Natalia Manczyk
0 Comentários
Crab Island

 

É provável que você saiba pouco de Destin, na Flórida, mas o destino nos Estados Unidos já é conhecido dos norte-americanos há tempos. É lugar de veraneio, para passar dias deliciosos na beira de um mar azulzinho cor de Caribe, com direito a golfinhos que podem ser vistos da areia mesmo (por ali é uma das maiores concentrações de golfinhos) e comendo peixes e frutos do mar de primeira. Podem acreditar: as praias são bonitas mesmo. Tanto que a região é apelidada de Emerald Coast, um nome bem apropriado para esse destino com águas verde-azuladas praticamente cintilantes colado à lindona Panama City Beach.

Destin está a seis horas e meia de Orlando, na Flórida, mas é mais perto da Luisiana (onde está New Orleans), por isso a cultura é mais desse pedaço dos Estados Unidos do que aquela cultura tão latina na costa que abriga Miami. Isso quer dizer que você pode esperar um ritmo menos apressado, a pesca como tradição, o sotaque sulista e a comida típica da Louisiana, como o frango frito, o grits (espécie de mingau de milho) e gravy (molho feito de farinha, carne de porco, bacon e leite).

Destin está em uma região da Flórida pouco lembrada pelos turistas. Aposto que quando você pensa no estado, vem logo na mente aquela península que abrange Miami e Orlando. Mas Destin está no Noroeste, já no continente e, justamente por ter poucas referências no Brasil, você vai se sentir um privilegiado por poder conhecer esse pedaço dos Estados Unidos ainda pouco falado no Brasil.

Quando é a melhor época para ir para Destin, na Flórida

O melhor é ir para Destin no início do outono ou em abril e maio. Não faz um frio extremo no Noroeste da Flórida, mas de dezembro a fevereiro a média é de 18 0C, o que já é frio para entrar no mar. Em abril e maio, já faz mais calor (cerca de
28 0C), mas não chega a ser como no verão, quando os termômetros costumam bater os 33 0C. No verão também, os preços são mais altos, e você pode esperar pegar um certo trânsito nas avenidas. Também fique atento ao período de furacões, que vai de junho a setembro.

Organize a sua viagem:

Como chegar em Destin

Você pode ir até Orlando e de lá pegar um carro, dirigir por seis horas e meia e chegar em Destin.Outra opção bem mais rápida – a que eu fiz – é desembarcar no aeroporto de Destin–Fort Walton, a 24 km do centro de Destin. Veja as ofertas de passagens para lá.

 Qual é o melhor jeito de rodar por Destin

A dica é alugar um carro. Destin é daquelas cidades dos Estados Unidos que não foi feita para andar de transporte público – e táxi ou Uber não saem lá muito baratos. Se você vier de Orlando, o melhor é continuar com o seu carro alugado, e assim você fica livre para ir de uma praia para a outra e ir parando onde bem entender. Recomendo alugar pelo site da Rentcars, um comparador de preços de diversas locadoras, e a vantagem é que você paga em reais, sem IOF, e ainda pode parcelar em até dez vezes.

Você já tem viagem programada para Destin?

  • Ainda não.. estou só pesquisando (100%, 1 Votos)
  • Iupi! Sim!! (0%, 0 Votos)

Total de Participantes:: 1

Carregando ... Carregando ...

O que fazer em Destin

Okaloosa Island

A ilha está, na verdade, na praia de Fort Walton, mas é tão pertinho de Destin que ninguém sente que está atravessando uma fronteira. São só 10 km de distância do centro de Destin, e nem balsa é preciso pegar: basta atravessar uma ponte.

A praia de Okaloosa tem o mar verdinho, não importa em que altura da faixa de areia você esteja. Mas o ponto com mais agito é nos arredores do Okaloosa Pier, que avança 384 metros para dentro do Golfo do México, gerando uma vista como se você estivesse vendo a praia lá de um barquinho do meio do mar. Foi construído para a pesca – e essa é das atividades mais comuns por lá –, mas qualquer um pode usá-lo para caminhar sobre o oceano pagando uma taxa de US$ 1 (já para pescar, a taxa aumenta para US$ 7).

Pier em Destin na Florida destin Florida

Com toda essa galera pescando, é claro que os peixes na região são dos mais frescos. Então, uma dica é parar no Dewey Destin’s Bayside, na entrada de Destin. O proprietário é Dewey Destin, tataraneto do fundador da cidade, Leonard Destin, e talvez por isso ele tenha conseguido instalar o restaurante em um ponto privilegiado: na beira da baía, com uma vista que acalma e desfaz qualquer estresse.

É daqueles restaurantes  despojados, sem formalidades nem etiqueta, para comer pratos fartos (lembrem-se que “farto” nos EUA tem uma escala ainda maior) de peixes típicos, camarões e vieiras. Também é possível escolher a pesca do dia, que está anunciada em uma lousa. É só pedir o seu prato em um balcão e então aproveitar o fim de tarde com uma vontade de sorrir por ter esse privilégio na beira da água.

Dewey Destin Florida

HarborWalk VIllage

O HarborWalk é onde tudo acontece em Destin, na Flórida. É daqueles calçadões fechados para carros na beira da marina, e superagradáveis para ficar passeando daqui para lá e de lá para cá sem horário para ir embora. Por ali tem loja, carrinho de hot-dog, de sorvete, trenzinho para a criançada e gente pela tirolesa. Além disso, é no calçadão o badalado restaurante Margaritaville, do cantor Jimmy Buffet. É ótimo para um fim de tarde, tomando uma das muitas criativas margaritas e os pratos de frutos do mar. A alegria toma conta do restaurante.

destin Florida destin Florida

Músicos cantam e artistas fazem acrobacias, enquanto você leva muitos minutos tentando escolher entre as tantas variedades de margarita (há com manga, blackberry,  Red Bull…). Já entre os petiscos, a dica para os frutos do mar é pedir o crispy coconut shrimp e a carne de siri com queijo asiago e alcachofra. São daqueles pratos para lembrar por meses a fio. Já na hora de escolher os principais, sugiro provar os pratos que vêm com molhos cajun, típicos da Louisiana, pois é a chance de ter contato com a cultura sulista dos Estados Unidos – mesmo na Flórida. 

Leia mais:

Mas a grande atração do HarborWalk é ser o ponto de embarque para um cruzeiro de duas horas para ver dezenas de golfinhos livres, leves e soltos pelo mar.

Destin Florida MargaritaVille

Cruzeiro para ver golfinhos

Embarquei no Southern Star Sunset Dolphin Cruise, em um dia nublado, com aquele jeito de que a qualquer segundo o céu surpreenderia enviando uma chuva pesada. Não parecia dia apropriado para golfinhos, e mesmo assim perdi a conta da quantidade que acabou rodeando o barco. Não eram dois ou três: podiam ser 25, 30… ou também, eu poderia ter visto duas vezes o mesmo grupo. Quem sabe?

Afinal, 10 mil golfinhos vivem no Golfo do México, e eles adoram zanzar pelo mar de Destin. Passam o ano todo na região e não migram, já que a água permanece quente o ano todo. A garantia de vê-los é tanta que caso não apareçam, basta ir até o escritório da empresa na própria marina depois do cruzeiro, e o cliente pode remarcar o passeio para outra data sem custo. Por isso, é essencial não deixar para fazer o cruzeiro (preço: US$ 29) no seu último dia em Destin.

Cruzeiro em Destin

A baía de onde parte o cruzeiro, com um nome indígena praticamente impronunciável – a Choctawhatchee Bay – tem águas escuras que fazem parecer improvável serem endereço de tantos golfinhos. Eu já pensava no escritório para o reembolso, quando o barco deixou a baía e adentrou nas águas verde-esmeralda do Golfo do México.

Nesse momento, golfinhos e mais golfinhos passaram a pular com aquele sorriso sempre estampado, inclusive acompanhando a embarcação a nado, a uma velocidade a jato para que pudéssemos sempre vê-los. Chega a ser emocionante estar lado a lado com esses animais completamente livres. Eles podem ser observados do deque ou mesmo de pertinho, de uma área envidraçada do barco no nível do mar. Perder a conta dos golfinhos que nadam felizões no oceano é o único ponto negativo de avistar golfinhos livres no verdadeiro hábitat e onde todos deveriam estar.

 Crab Island: o ponto alto de Destin

Tanto quanto o cruzeiro para ver golfinhos, uma viagem para Destin não fica completa sem ir até Crab Island, um dos pontos mais bonitos desse trecho da Flórida. Apesar do nome, essa antiga ilha de areia foi coberta pelo mar, e hoje não tem mais ilha por lá: é basicamente um banco de areia. Ainda assim, o lugar no meio de um mar de tom verde surreal lota de barcos, e de turistas. O mar ali bate na cintura, é tão transparente quanto um copo com água, tudo com um tom Caribe verde clarinho clarinho. O que faz a água ser tão verde (justificando o apelido da região de Emerald Coast) são as algas, que refletem a luz do sol quando ela atinge as águas. Por isso, em dias nublados ou chuvosos o mar não estará tão verde: programe-se para estar em Crab Island em dia de sol.

Leia mais:

Só é possível chegar na Crab Island com barcos, que saem da marina do HarborWalk.  O Crab Island Shuttle Boat, por exemplo, custa US$ 40 ida e volta, leva só cinco minutos até lá e inclui de duas a duas horas e meia em Crab Island. No meu caso, que resolvi remar à Crab Island em um caiaque transparente (US$ 99 o dia todo ou US$ 64 para quatro horas), o trajeto levou cinco vezes mais tempo, mas rendeu altas fotos. É só alugá-lo no calçadão do HarborWalk com a Destin Clear Kayak Rental, mas é preciso ter um certo preparo porque a correnteza na região é forte.

Destin Crab Island

Em Crab Island, onde a água bate na cintura, a boa ali é alternar entre descer do barco, ficar batendo papo em roda com os amigos ou mesmo brincar no Water Park, uma espécie de brinquedão inflável, com escorregadores, pula-pulas e pistas com obstáculos (US$ 15 para uma hora, ou US$ 20 para duas horas).

Stand Up Paddle 

Crab Island é um ponto tão democrático que reúne quem está de barco , lancha particular, jet ski, caiaque e até stand up paddle. É possível alugar as pranchas na marina e ir remando até Crab Island, lembrando que a correnteza não dá trégua para quem não tem tanta prática no remo. Ainda que a água de Crab Island seja bem mais atrativa, é mais relaxante remar em cima das pranchas de Stand Up nas águas escuras da baía Choctawatchee, na altura do restaurante coloridíssimo (e alegre na mesma medida) Lulu’s.

destin Florida - Lulus destin Florida

À primeira vista, o cenário não é dos mais convidativos.O ponto de início para remar é na beira da baía, mirando um
viaduto. Mas as águas são tranquilas, e Julia, a instrutora da Paddle Tribe Company, vai guiando por uma hora (US$ 30) em um passeio contemplativo, quase medidativo. A baía pouco depois chega a um cenário pantanoso lindo, e remando, passei por braços de rios contornados pela mata, mansões nas margens e muito verde.

Henderson Beach State Park

A água é verdinha, a areia é branquinha e, para completar, a região é ainda área protegida, com trechos para pesca, campings, trilhas e bikes. Custa US$ 6 para entrar, e é mais uma faixa de areia onde é facinho ver golfinhos do raso mesmo. Imaginem só, colocar os pés na água e vê-los saltitando alegres pelo mar. É o tipo de cena para não esquecer jamais. Henderson também tem dois ótimos hotéis: o hotel-butique pé na areia Henderson Park Inn, só para adultos, e o resort de luxo Henderson Beach Resort Spa.  

Veja mais:

Convenhamos que em se tratando de Destin e de Flórida, relaxar não é difícil, mas para sair da cidade nas nuvens, fiz uma massagem fenomenal no Henderson Beach Resort. É com todo o luxo: a espera é de roupão em um salão com lustres de cristais, se escolhe o aroma de preferência… e a massagem é tão excelente quanto toda essa elegância. Ao fim, você também tem direito de usar a piscina de hidromassagem, as saunas e até um chuveiro completamente tecnológico: em uma tela touchscreen, você pode escolher o tipo de jato, as cores do ambiente, a trilha sonora… 

destin Florida

A piscina deliciosa do Henderson Beach Resort Spa

restaurante do hotel Henderson Park Inn, em Destin, na Flórida

O restaurante do hotel Henderson Park Inn

Comer nos restaurantes de peixes e frutos do mar 

Os moradores chamam Destin de a vila de pesca mais sortuda do mundo. A cidade deixou de ser vila faz tempo, mas a tradição da pesca continua, o que quer dizer que você pode esperar se deliciar com os restaurantes, desde o mais simples e caseiro até os sofisticados.

Restaurantes

Dewey Destin’s Bayside

O restaurante na beira da baía é para comer em uma tarde de clima despojado, sem etiqueta nem boas maneiras. Criado por Dewey Destin, tataraneto do fundador da cidade Leonard Destin, é tão tradicional entre os moradores e veranistas que Dewey já bate papo com todos. O restaurante serve peixes típicos, camarões e vieiras, ou a pesca do dia que fica escrita em uma lousa. Os peixes vêm em porções em cestinhas, que custam uma média de US$ 20.

Margaritaville

A rede badalada, que está em várias partes dos Estados Unidos e do Caribe, é ótima para uma noite animada. Como o nome indica, as variedade de margaritas (cerca de US$ 10) são bem criativas (manga, blackberry,  Red Bull…). Para acompanhar, boas pedidas de frutos do mar são o crispy coconut shrimp (US$ 20) e a carne de siri com queijo asiago e alcachofra (US$ 15,50). Vários pratos vêm com molhos cajun, típicos da Louisiana.

restaurante Margaritaville em Destin

World of Beer Bar & Kitchen

A cervejaria fica no shopping a céu aberto Destin Commons, e é “O” lugar para passar a tarde papeando acompanhado de cervejas artesanais norte-americanas. São 50 as opções de cervejas, e o menu indica a melhor comida para harmonizar, como os tacos e os pretzels, tudo em tamanho GG. Os copos menores, com 147 ml saem a partir de US$ 2,5; os médios custam a partir de US$ 6, e os jarro, a partir de US$ 19.  Já o pretzel, imperdível e no maior estilo alemão, custa US$ 9.

cervejaria em Destin, na Flórida

Cuvee Kitchen + Wine Bar

Esse restaurante de Destin é dos mais românticos e ideal para provar vinhos de qualidade e a culinária do sul dos Estados Unidos. Os ingredientes são locais, comprados nas fazendas da região, e a dica de pratos são os peixes grouper (US$ 36)e snapper (servido com siri-azul do Alabama, por US$ 36), e os tomates verdes fritos (US$ 15), que são deliciosos. Ainda há as ostras (12), que vêm com queijo parmesão reggiano, e o camarão com grits (US$ 27), molho bem típico do sul dos Estados Unidos.

Restaurante Cuvee em Destin

Lulu’s Destin

O Lulu’s é todo colorido, com mesas e cadeiras rosas, verdes, roxas… Desse jeito, a alegria toma conta. Está na beira de uma praia artificial na beira da baía, adorada pelas crianças, já que baldinhos e brinquedos não faltam por lá. Você pode pedir uma salada, camarões fritos, siri, ostras ou sanduíches. Tanto faz, porque o mais gostoso é o ambiente “good vibes”.

destin Florida destin Florida

Crab Trap Destin

Esse restaurante de Destin fica pé na areia, na beira da praia. Tudo é gostoso por ali. Desde pisar na areia fininha antes de comer as boas ostras até beber uma piña colada (bebidas: US$ 13) com os amigos vendo o por do sol. Tem opções para todos:  pratos típicos da região, como snapper frito com camarão do golfo, bolo de siri ao estilo sulista (US$ 14,50) e o grouper do golfo (US$ 20), além de sanduíches e boas massas com frutos do mar.

restaurante crab trap

Crackings

O restaurante prova que eggs benedict, omeletes e panquecas podem virar belos pratos. As variedades são tantas, que só de omeletes, por exemplo, são dez as combinações, incluindo o com jack cheese e carne de siri, o cajun (com pimenta jalapeño, camarões e lagostim), e o vegetariano, acompanhado de tomate e queijo feta.

The Local Market

Esse restaurante para o café da manhã ou para um lanche agrada a gregos e troianos: a naturebas e não naturebas. Tem bowls, sucos de frutas, shakes, omeletes, gordices americanas e sanduíches – aliás o restaurante já foi escolhido como o melhor ponto para sanduíches em Destin.

The local market Destin Flórida

Hotéis de Destin, Flórida:

Beach House – ResortQuest by Wyndham Vacation Rentals ­

O Beach House ResortQuest  é um condomínio de apartamentos de veraneio que podem ser reservados por turistas. Os apartamentos são imensos, têm de um a três dormitórios, todas as utilidades domésticas (máquina de lavar, fogão, etc.) e são todos de frente para a Miramar Beach, praia tranquila com mar verdinho e um pôr do sol lindo que você pode ficar vendo da sua sacada mesmo. O mínimo de diárias para a reserva é de duas noites, e a vantagem é que o preço pode ser dividido entre todos do apartamento – além é de poder se hospedar em um apê com clima total de casa.

Henderson Park Inn

O hotel-butique Henderson Park Inn é pé na areia e está em uma área bem tranquila (e linda) da costa do Golfo do México:  Henderson Beach State Park,  onde inclusive da praia dá para ver golfinhos. É bem exclusivo. Tem 36 apartamentos e permitido só para casais, é o único hotel de Destin que oferece café da manhã. A refeição, aliás, é bem farta, servida no restaurante com vista para o mar. Tem opções típicas sulistas e muitas frutas, pães, geleias..tudo da melhor qualidade.

Henderson Beach Resort Spa

O Henderson Beach Resort Spa é um dos resorts mais luxuosos do noroeste da Flórida. Todos os 170 quartos têm vista para aquelas águas esverdeadas do Golfo do México e para a reserva natural ao redor. Tem aulas de yoga, piscina deliciosa (inclusive com correnteza)  e cabana exclusivas para os adultos, ótimo restaurante e aluguel de bicicletas e de pranchas de stand up paddle. Não esqueçam de incluir uma massagem no spa Salamander.

*Viagem a convite do VisitFlorida. O conteúdo é independente, baseado na opinião livre da autora.

 

Gostou do conteúdo que você leu sobre o que fazer em Destin na Flórida? Então planeje aqui a sua viagem

Você não paga a mais por isso, tem direito a descontos e ajuda o Porta de Embarque a produzir ainda mais conteúdo

Seguro viagem com o melhor preço. Compare o preço de todos os seguros viagem, escolha o seu e ainda ganhe 5% de desconto

Reserve seu hotel no Booking.com. Você encontra ofertas de hospedagem e ainda pode cancelar quando quiser

Alugue seu carro comparando o preço em mais de 100 locadoras. E o que é melhor: sem IOF e com parcelas de até 12 vezes sem juros.

Viaje conectado. Tenha chip de internet no celular funcionando sempre bem e com desconto de 5%. É so digitar o cupom PORTADEEMBARQUE5.

 

Você também pode gostar de

Deixe um comentário