As melhores vinícolas perto de Cape Town

por   Natalia Manczyk
0 Comentários
Vinicola em Stellenbosch, perto de Cape Town

As vinícolas mais famosas ficam em três distritos perto de Cape Town: Constantia, Franschhoek (de culinária francesa) e Stellenbosch. Só na Província do Cabo, onde está Cape Town, há 548!  Visitei várias vinícolas no meu roteiro de 15 dias pela África do Sul e vou falar aqui sobre cada uma das que conheci.

Organize a sua viagem:

Vinícolas em Constantia

Só o caminho da Cidade do Cabo para as vinícolas de Constantia já vale o passeio, já que a estrada é toda bucólica, lotada de castanheiras e de mansões do tamanho de hotéis.

É em Constantia a vinícola mais antiga: Groot Constantia, fundada em 1685, lá nos tempos de Napoleão. E mesmo com todo esse simbolismo, a degustação de vinhos ali, e na maioria das vinícolas sul-africanas, vai direto ao ponto. É só assinalar em uma lista cinco vinhos para provar, sentar ao redor de mesas ou em poltronas e jogar conversa fora enquanto aprecia as taças. Sem muito blablabla de enólogos e ninguém te apressa para ir embora. Custa 75 rands (cerca de US$ 5), ou 100 rands (US$ 10) se quiser fazer a visita à adega.

Vejam mais:

Constantia está a só 20 minutos de Cape Town. Então dá para fazer um passeio de meio dia por lá. Eu fui de manhã na Table Mountain, segui para Constantia, e na volta ainda deu tempo de ir ao jardim botânico de Cape Town, o Kirstenbosch.

Vinícola Groot Constantia

Degustação na vinícola Groot Constantia, perto de Cape Town Degustação na vinícola Groot Constantia, perto de Cape Town Degustação na vinícola Groot Constantia, perto de Cape Town Degustação na vinícola Groot Constantia, perto de Cape Town Degustação na vinícola Groot Constantia, perto de Cape Town

Degustação na vinícola Groot Constantia, perto de Cape Town

Depois, almocei em um hotel chiquérrimo lá perto, o The Cellars Hohenort, onde está o restaurante The Conservatory, comandado por Peter Tempelhoff, destacado como Grand Chef pela rede de hotéis de charme Relais & Châteaux.

Provem o suflê de queijo, que é sugestão do chef e virou a minha sugestão também: é super macio e desmancha na boca (custa 95 rands, ou US$ 7).

Como prato principal, fui no peixe grelhado com cogumelos asiáticos e molho de macadâmia (por 195 rands, ou US$ 14). Vale ir lá pelo menos para provar o suflê, e sentar (e descansar um pouco) nas mesinhas que estão em meio a um jardim gostoso.

Aos domingos, muitos sul-africanos vão ao The Cellars comer o sundays cellars roast, um prato típico, com o que eles chamam de pudim salgado, carne, batata assada e vegetais. Custa 135 rands (US$ 9). Detalhe: para cada prato do menu há a sugestão de um ótimo vinho para harmonizar com a comida.

The Cellars_Constantia_Cape Town

A entrada!

The Cellars_Constantia_Cape Town

As mesas no jardim!

The Cellars_Constantia_Cape Town

Mais um pouco do jardim

The Cellars_Constantia_Cape Town11

É supergostoso sentar ao ar livre

The Cellars_Constantia_Cape Town12

O suflê de queijo imperdível

The Cellars_Constantia_Cape Town

Peixe com molho de macadâmia

The Cellars_Constantia_Cape Town14

O prato sundays cellars roast, servido aos domingos

The Cellars_Constantia_Cape Town08

O ambiente interno é classudo

The Cellars_Constantia_Cape Town

O ambiente interno

The Cellars_Constantia_Cape Town06

Ainda dentro do restaurante

Vinícolas em Stellenbosch

Em Stellenbosch estão cerca de 330 vinícolas. Vale tirar um dia todo para visitar a cidade: primeiro, porque está a uma hora de Cape Town e, segundo, por aqui assim dá tempo de ir em várias vinícolas e ainda passear pelo centrinho que é lindo. A cidade é de 1679 e, como é lá uma das principais universidades da região (mais importante até do que de Cape Town), Stellenbosch é cheia de jovens. A rua principal, a Kerkstraat, concentra várias galerias, lojas de roupas de estilistas locais, cafés, sorveterias e lojas de artesanato, tudo instalado em casas brancas em estilo cape dutch.

rua principal de Stellenbosch rua principal de Stellenbosch rua principal de Stellenbosch rua principal de Stellenbosch rua principal de Stellenbosch rua principal de Stellenbosch

 

 

 

 

Dica para o almoço

A minha dica para um almoço gostoso e com ótimo custo-benefício é ir na vinícola Jordan. A Jordan tem clima bucólico, todo romântico, com um laguinho e um excelente restaurante envidraçado para comer olhando esse visual. O nível é dos restaurantes com estrela no Guia Michelin, e o menu completo não tem um preço absurdo: custa 365 rands (US$ 27), com entrada, prato principal e sobremesa, ou 325 rands (US$ 24) para dois pratos.

A cozinha é aberta e você pode ver os cozinheiros preparando e empratando. O menu muda todo dia (!), e comi, por exemplo, carpaccio de tomate na entrada, e como prato principal, carne com crosta de ervas, aspargos torrados, batata e ravioli. Na Jordan também fica uma boa padaria, onde se entra por uma porta que imita a de um barril. Lá  é gostoso sentar para um café e provar os pães e bolos. Para fazer a degustação de vinhos, reserve pelo site.

Vinicola Jordan Stellenbosch10

O cenário da Jordan

Vinicola Jordan

Os detalhes são uma graça

Vinicola Jordan Stellenbosch

O almoço é com vista

Vinicola Jordan Stellenbosch

Carpaccio de tomate

Vinicola Jordan Stellenbosch

Carne com aspago e ravioli

Vinicola Jordan Stellenbosch08_1

Panna cotta..hmmm

Vinicola Jordan Stellenbosch Vinicola Jordan Stellenbosch Vinicola Jordan Stellenbosch

Vinicola Jordan Stellenbosch

Vinicola Jordan Stellenbosch

Entrada diferentona para a padaria

Vinicola Jordan Stellenbosch

Padaria

Mais uma vinícola em Stellenbosch aonde dá para ir no mesmo dia: a Delaire Graff, a mais luxuosa de todas. Só pelo trabalho do dono já dá para imaginar o nível: ela é o passatempo do britânico Laurence Graff, proprietário de uma mina de diamantes.

Jardins perto de Cape Town

Os jardins são magníficos, os parreirais estão diante de uma imensa montanha e entre eles o senhor Graff colocou várias esculturas maravilhosas. Na vinícola também está um hotel do grupo Relais & Châteaux recheado de obras de arte e uma sede com jeito de mansão de um magnata. E, apesar de tudo isso, não se paga para entrar: é só chegar e visitar esse combo museu-vinícola-jardins.

Vinicola Delaire Graff, em Stellenbosch, perto de Cape Town Vinicola Delaire Graff, em Stellenbosch, perto de Cape Town Vinicola Delaire Graff, em Stellenbosch, perto de Cape Town Vinicola Delaire Graff, em Stellenbosch Vinicola Delaire Graff, em Stellenbosch, perto de Cape Town Vinicola Delaire Graff, em Stellenbosch, perto de Cape Town

Vinicola Delaire Graff, em Stellenbosch, perto de Cape Town

  • Como beber e dirigir não dá certo, se você não estiver junto de alguém que se disponha a não beber pode ser melhor pegar um tour. A Viator faz um tour que sai de Cape Town, com direito a várias vinícolas e a degustação de vinhos e queijos

 

Gostou do conteúdo que você leu sobre as vinícolas de Cape Town? Então planeje aqui a sua viagem

Você não paga a mais por isso, tem direito a descontos e ajuda o Porta de Embarque a produzir ainda mais conteúdo

Seguro viagem com o melhor preço. Compare o preço de todos os seguros viagem, escolha o seu e ainda ganhe 5% de desconto

Reserve seu hotel no Booking.com. Você encontra ofertas de hospedagem e ainda pode cancelar quando quiser

Alugue seu carro comparando o preço em mais de 100 locadoras. E o que é melhor: sem IOF e com parcelas de até 12 vezes sem juros.

Viaje conectado. Tenha chip de internet no celular funcionando sempre bem e com desconto de 5%. É so digitar o cupom PORTADEEMBARQUE5.

0 Comentários
11

Você também pode gostar de