Pousada do Sandi, em Paraty: dica de onde ficar

por   Natalia Manczyk
0 Comentários
Pousada do Sandi Paraty

O casarão histórico que dobra o quarteirão brilha de longe por conta das paredes brancas impecáveis e das portas e janelas amarelas. A construção que abriga a Pousada do Sandi, em Paraty, é tão atrativa que volta e meia tem turistas fotografando ali na frente. Mas só quem entra consegue ter a dimensão da elegância lá dentro.

Quadros, jardins por todo lado, esculturas e almofadas estão espalhados pela propriedade, fazendo com que um clima aconchegante, com jeito de casa, paire por todo o hotel. O edifício colonial é do século 18, já foi a sede da Casa da Moeda, e se você acha que isso coloca algum ar de sisudez, saiba que não tem nada disso: a decoração é bem colorida e com cores vibrantes, que enchem o hotel de ares alegres e descontraídos.

O casarão colonial lindo que abriga a Pousada do Sandi

Não tem quem não goste de Paraty. Pode ser pelas ruas de pedra, pelo colorido das casas, pelas montanhas verdinhas ao redor, o mar… ou tudo isso junto. E foi esse conjunto todo que atraiu a Paraty Joviro Foz, pai da proprietária da Pousada do Sandi. Mais tarde, na década de 1980, a filha Sandra Foz convidou seu futuro marido, Alexandre Adamiu para Paraty. Dono da Paris Filmes, ele resolveu presenteá-la com o casarão que hoje é a Pousada do Sandi.

Por conta dessa história, as referências do cinema também estão por todo lado na pousada. Fotos de atores, livros, pôsteres de clássicos do cinema, cartas originais escritas à mão pela atriz Rita Hayworth e até antigos projetores estão espalhados para fazer a alegria de quem gosta de reparar nos detalhes e, especialmente, de quem é aficionado por cinema.

Quartos da Pousada do Sandi

A Pousada do Sandi está bem no coração do Centro Histórico de Paraty, com todas as vantagens que isso traz: é só colocar os pés para fora do hotel para ter todas as opções de restaurantes, docerias (a Kopenhagen, aliás, é integrada ao hotel) e as lojas com moda praiana de Paraty. É tudo tão perto que você nem vai precisar tirar o carro da garagem, oferecida como cortesia para todos os hóspedes.

São 27 quartos de diversas categorias: vão de apartamentos de 15m2 à suíte máster de 48m2, todos com camas king size com roupa de cama Trousseau, ou seja, daquelas em que é difícil ter forças para levantar no dia seguinte. Os apartamento seguem a linha de decoração da pousada, com tantos detalhes na decoração que fazem com que a cada piscada se veja um novo objeto interessante.

Me hospedei no Apartamento Luxo, com 20m2 tão bem distribuídos que a impressão é de ser ainda maior. O banheiro é dos mais espaçosos quando se trata de banheiros de hotéis, e como se não bastasse o tamanho, é bastante chique com suas paredes de azulejos azuis. O quarto é bem equipado, com um armário grande o suficiente para quem exagera na mala, cofre, cômoda com mais gavetas, televisão e poltrona.

A vista para a rua traz aquele sossego de fechar a janela vendo a lua cheia e a iluminação própria de Paraty, mas para quem busca muita tranquilidade, é bom considerar que os músicos de rua e o pessoal animado lá fora podem fazer um certo barulho. Nesse caso, é melhor reservar um quarto virado para o pátio da Pousada do Sandi, aí sim com todo o silêncio. As suítes superiores trazem ainda mordomias como sacadas com vista para o Largo do Rosário e a Rua do Comércio, cafeteira Nespresso e banheira.

O preço da diária na Pousada do Sandi sai em média de R$ 700 (quarto Standard) a R$ 1.200 (Suíte Máster), para duas pessoas.  Crianças até cinco anos não pagam.

A estrutura da Pousada do Sandi

A Pousada do Sandi tem tudo o que se precisa para relaxar depois de um passeio de barco ou mesmo passar o dia por lá. A sensação é a de se presentear com um tempo para cuidar de si mesmo, aproveitando a piscina, a jacuzzi, o ofurô, a academia (é o único hotel com academia no centro histórico), a sauna, o spa (à parte) e o bar na beira da piscina – ou mesmo só uma caminhada pelos pátios com jardins tropicais.

O bacana é que por conta da pandemia do coronavírus, tudo isso é com horário marcado – cada apartamento tem direito a uma hora em cada um desses serviços, o que deixa o clima ainda mais especial, como ter uma jacuzzi ou ofurô privativo. O clima de celebração fica maior ainda porque todo hóspede ganha um “welcome drink” no bar da piscina (a dica é pedir a caipirinha feita com cachaça de Paraty), além de um sorvete na Gelateria Miracolo, integrada ao hotel, mimos que fazem a diferença na estadia.

Pousada do Sandi Paraty jacuzzi

Café da manhã

O café da manhã é mais um momento na Pousada do Sandi com horário marcado, por conta da pandemia. Ao contrário dos outros espaços, reservados para o apartamento, no restaurante pode eventualmente acontecer de haver mais de um casal ou família, mas o espaço é grande o suficiente para ter muito distanciamento. Isso porque apesar de o horário ser reservado para a duração de uma hora, é claro que ninguém vai ficar te apressando no café da manhã que é paz pura, com uma música MPB e vista para o jardim tropical e a piscina.

Leia mais:

As bebidas são servidas em sistema bufê, que inclui inclusive boas variedades, como suco de manga, de abacaxi e kefir, tudo servido em belas jarras. Na mesa chegam pães, frios, bolos e frutas e ainda é possível pedir à la carte ovos, tapiocas, coalhada e todas as variações.

O salão do café da manhã

Restaurante

A chocolateria Kopenhagen e a gelateria Miracolo estão integradas à pousada e são abertas a não-hóspedes por portas laterais. O mesmo acontece com o restaurante, o Pippo, que pode ser acessado do pátio ou por fora da Pousada do Sandi. O ambiente é inspirado nos anos de 1960 e, como de praxe no hotel, tem como temática o cinema italiano da época. É impossível não olhar para todos os lados, para a cada momento ver uma foto diferente de cenas do cinema. O Pippo serve especialmente peixes e frutos do mar, mas não poderia também deixar de servir massas italianas. É mais uma referência cinematográfica na Pousada do Sandi, com detalhes na medida. Com bom gosto, a pousada conseguiu o feito de unir jardins tropicais, arquitetura colonial, a história do cinema e clima de alegria.

*Hospedagem a convite da Pousada do Sandi. O conteúdo do post é independente, baseado na opinião livre da autora.

Gostou do post que você leu sobre a Pousada do Sandi? Então planeje aqui a sua viagem

Você não paga a mais por isso, tem direito a descontos e ajuda o Porta de Embarque a produzir ainda mais conteúdo

Seguro viagem com o melhor preço. Compare o preço de todos os seguros viagem, escolha o seu e ainda ganhe 5% de desconto

Reserve seu hotel no Booking.com. Você encontra ofertas de hospedagem e ainda pode cancelar quando quiser

Alugue seu carro comparando o preço em mais de 100 locadoras. E o que é melhor: sem IOF e com parcelas de até 12 vezes sem juros.

Viaje conectado. Tenha chip de internet no celular funcionando sempre bem e com desconto de 5%. É so digitar o cupom PORTADEEMBARQUE5.

Você também pode gostar de

Deixe um comentário