O que fazer em Balneário Camboriú:12 passeios imperdíveis

por   Natalia Manczyk
0 Comentários
PRAIA CENTRAL Balneario Camboriu

Balneário Camboriú, a só uma hora e meia de Florianópolis, é agitada: são cerca de 130 mil moradores e uma série de prediões ao longo da orla da Praia Central, onde o pessoal joga vôlei, futebol, frescobol e finca guarda-sóis colados uns aos outros. Mas, ainda tem muito mais para fazer em Balneário Camboriú. A cidade que ferve dia e noite no verão ainda tem praias pouco urbanizadas, com o jeitão de antigamente, dispostas pela natureza entre montanhas cobertas por mata atlântica nativa. E você nem precisa ir longe para encontrá-las.

O que fazer em Balneário Camboriú

1. Praia do Centro

A praia do centro é dividida entre Barra Sul e Barra Norte. A só 5 minutos da Barra Norte está uma faixa de areia com cara de intocada, à frente de muito verde, sem barracas de comida nem edifícios. Ganhou até um bonito apelido, Praia dos Amores, possivelmente por conta do romantismo mesmo. É nela o Infinity Blue Resort, o melhor hotel da região e um destino por si só. Para os hóspedes, há espreguiçadeiras na areia ou no deque, onde os turistas tomam um drinque vendo as ondas no mar.

O que fazer em BalnearioCamboriu

2. Morro do Careca

Da ponta da Praia dos Amores, uma escada leva ao Morro do Careca, com um topo que se transformou em um mirante indispensável, endereço dos casais apaixonados que passam bons minutos diante daquela vista, e dos aventureiros que saltam dali de parapente (também é possível chegar ao morro por uma entrada na Estrada da Rainha).

Organize a sua viagem:

É preciso enfrentar cerca de vinte minutos de caminhada até o cume, por um caminho asfaltado, onde muitos moradores vão de shorts e tênis só pelo prazer do exercício. No alto, o visual compensa, composto pelas praias Central e dos Amores de um lado, e pela Praia Brava, na vizinha Itajaí, do outro.

Balneario Camboriu_Morro do Careca

3. Praia das Laranjeiras

De Balneário Camboriú em direção ao litoral sul, é só seguir pela rodovia Interpraias para ver se descortinarem seis praias ao longo do trecho de 14 km. A estrada vai serpenteando entre os morros e o mar, o que faz com que cada curva surpreenda com um lindo visual. A primeira praia do trajeto é Laranjeiras, a mais turística, tanto por ser próxima da cidade quanto pela quantidade de atrações.

Veja mais:

Laranjeiras é formada por faixa de areia ladeada por uma pequena e agradável baía, e um mar que parece piscina, onde dá para deixar as crianças soltas e fazer stand up paddle sem se preocupar em desequilibrar. À frente da praia não faltam restaurantes de peixes e frutos do mar.

Balneario Camboriu-Praia das Laranjeiras

4. Comer um bom peixe na Praia das Laranjeiras

A sugestão é o Quarta Estação, onde além de servir um bom camarão, pirão, moqueca e peixe frito, o proprietário Fábio Pellegrine colocou à disposição dos turistas facilidades como armários com senha, wi-fi e kits femininos e para bebê, como fraldas e lenços umedecidos. 

Leia mais:

5. Navio-Pirata

É provável que você nunca tenha chegado a praia alguma em tão alto estilo quanto em Laranjeiras. Além do carro, você pode desembarcar nela em barco-pirata, bondinho ou tirolesa. O barco (R$ 49 para adultos e R$ 25 para crianças), é todo estilizado com cordas e bandeiras para que os visitantes entrem no clima. Sai da Barra Sul, em frente ao Parque Unipraias, e no trajeto de uma hora e meia até Laranjeiras, diverte com as lutas entre os piratas Lombriga e Barata pela princesa.

O que fazer em BalnearioCamboriu

BalnearioCamboriu Unipraias

6. Parque Unipraias

De Laranjeiras, a dica é pegar o bondinho aéreo (custa R$ 46 ida e volta para adultos,R$ 23 para crianças de 6 a 12 anos, e crianças de 0a 5 anos não pagam ) para o Parque Unipraias, que em uma viagem por cima do mar e da Mata Atlântica, leva ao Morro da Aguada. E a atração não é só essa. Lá tem tanto para fazer que daria para passar o dia. Os brinquedos são pagos à parte, mas valem a pena. Dá para enfrentar uma tirolesa com adrenalina, tanto por conta da altura quando pelo trajeto que segue acima do oceano. A descida (R$ 45) é em uma cadeirinha ao ar livre, que atinge uma velocidade de 60 km/h.

Balneario Camboriu-Praia das Laranjeiras - bondinho

Já a atração para as crianças e os adultos aproveitarem juntos é o Youhooo, um carrinho bem diferente dos que há por aí nos parques de diversão. É semelhante a uma montanha-russa, com trilhos que passam por cima da mata e com vista para o mar, mas quem acelera o carrinho e decide a velocidade e o nível da adrenalina é o próprio turista aopuxar uma alavanca durante o trajeto. Custa R$ 34 para ir em um trenó individual. Já os pequenos ficam loucos com a área temática Fantástica Floresta (R$ 30, a partir de 13 anos), com reproduções de casas de duendes, poços dos desejos e vila das fadas, além de um trenzinho suspenso. Para deixar o parque, os visitantes pegam o bondinho novamente, parando na estação Barra Sul ou em Laranjeiras.

7. Praia de Taquarinhas

Depois de Laranjeiras, seguindo pela Interpraias, chega-se a Taquarinhas, uma praia quase deserta de Balneário Camboriú. Da rodovia, a vista é tão linda que foi instalado um mirante para os turistas fotografarem. Há como descer para a areia por uma escadinha, mas pouca gente faz isso, mantendo Taquarinhas como a mais tranquila da região. Taquaras, a praia seguinte, já é mais comprida e é abraçada por uma restinga por toda a orla.

O que fazer em Balneario Camboriu-Interpraias

 8. Praia do Pinho

Depois, vem a praia do Pinho, que foi a primeira praia oficial de naturismo do Brasil. Para entrar nela então, só tirando a roupa. A prática era comum naquele trecho desértico, mas o empurrão para que ela fosse reconhecida legalmente aconteceu em 1985 quando o proprietário das terras em frente, Domingos Fonseca, resolveu construir um restaurante e uma pousada ali. Um ano depois, o naturismo foi regulamentado. A praia, cercada de mata fechada, está à paisana na estrada, e curiosos não conseguem enxergá-al fácil da rodovia.

9. Praia do Estaleiro e Praia do Estaleirinho

Vá às seguintes: a tranquila Estaleiro, e a das ondas fortes, Estaleirinho. Praias é o que não falta por lá. É só atravessar algumas pedras, um pouco de mata atlântica, pegar uma estrada, um bondinho…  e, assim, descobrir a sua.

O que fazer em Balneario Camboriu praia estaleiro

A Praia do Estaleiro

10. Green Valley

Para quem gosta de festa, esse é “O”lugar. A balada é tão famosa que foi eleita em 2018 (além de 2013 e 2015) como melhor club do mundo em uma enquete popular feita pela revista DJ MAG  – e todos os anos está no topo do ranking. A Green Valley faz o estilo chiquezinha, costuma receber os principais DJs do globo e as festas por lá são a céu aberto e vão até de manhã, quando em meio ao sol nascendo, o pessoal vê a mata verdinha que enfeita os arredores da balada. A Green Valley fica em Camboriú, pertinho de Balneário Caboriú.

11. Cristo Luz

O Cristo Luz de Balneário Camboriú, com seus 33 metros, tem só cinco metros a menos do que o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro . Apesar disso, é bem mais novo: foi construído em 1997 e ilumina a cidade com sete cores diferentes de luz durante a noite. Para cada dia da semana, predomina uma cor e uma mensagem, como paz e fé para o branco, paz e natureza para o verde e paz e felicidade na luz rosa. O visual lá do alto é maravilhoso, com toda a praia à vista. As luzes do Cristo se acendem todos os dias – de dezembro a março, a partir das 20h e, de abril a novembro, a partir das 19h. O ingresso custa
R$ 24 para adultos e dia, e R$ 38 à noite.

12. Roda-Gigante Big Wheel

A roda-gigante de Balneário Camboriú, a FG Big Wheel, será inaugurada na primeira quinzena 2020 e será a segunda maior da América do Sul (a Rio Star, no Rio de Janeiro, desbancou a roda-gigante de Balneário Camboriú por pouco). O grande atrativo é que ela estará no costão da Barra Norte, bem na ponta da praia, e óbvio, com uma vista sensacional para o mar. Serão 36 cabines, de formato redondo, e com ar condicionado.

O preço da roda-gigante de Balneário Camboriú: Cada volta de aproximadamente 20 minutos custa R$ 36. Crianças até 5 anos não pagam ingresso, desde que acompanhadas por um adulto pagante responsável, e pessoas entre 6 e 12 anos e a partir dos 60 anos pagam R$ 18. Além da bilheteria da Big Wheel, a compra pode ser feita nos totens de atendimento e com as recepcionistas.

Roda gigante Balneario Camboriu

Foto: Hildo Junior / FG Big Wheel

Quem se programar com antecedência e comprar pelo site da FG Big Wheel tem desconto e benefícios. O
ingresso para adulto custa R$ 32 e o visitante ainda pode optar pelo horário do passeio, evitando as filas no local.

 

Para as famílias, a FG Big Wheel oferece uma tarifa especial. Para até cinco pessoas – da mesma família e na mesma cabine – o passeio custa R$ 99,95 com venda apenas na bilheteria. Outra opção de passeio é o Drink Experience, para brindar as férias do alto da roda-gigante.  Por R$ 45, antes de embarcar o visitante recebe uma bebida, que pode ser água, refrigerante ou cerveja.

*Fotos: Divulgação/Marcos Schafer

Gostou do conteúdo que você leu sobre o que fazer em Balneário Camboriú? Então planeje aqui a sua viagem

Você não paga a mais por isso, tem direito a descontos e ajuda o Porta de Embarque a produzir ainda mais conteúdo

Seguro viagem com o melhor preço. Compare o preço de todos os seguros viagem, escolha o seu e ainda ganhe 5% de desconto

Reserve seu hotel no Booking.com. Você encontra ofertas de hospedagem e ainda pode cancelar quando quiser

Alugue seu carro comparando o preço em mais de 100 locadoras. E o que é melhor: sem IOF e com parcelas de até 12 vezes sem juros.

Viaje conectado. Tenha chip de internet no celular funcionando sempre bem e com desconto de 5%. É so digitar o cupom PORTADEEMBARQUE5.

Você também pode gostar de

Deixe um comentário